Deficiência de magnésio pode causar agressividade, estresse e depressão


Num relatório feito por Paul Mason, Pres. Healthy Water Association, o autor reúne dados retirados de vários estudos, onde afirma que a violência pode ser prevenida e tratada através da ingestão de água mais rica em Magnésio, e sugere que se as prisões fornecessem a seus prisioneiros as doses diárias recomendadas de Magnésio, isso baixaria os seus níveis de agressividade.


Segundo ele, o magnésio é utilizado rotineiramente para evitar brigas entre porcos, e reduzir o stress, quando eles estão sendo preparados para o abate. Os animais são geralmente melhor nutridos do que as crianças.


Esta deficiência resulta do consumo elevado de álcool, droga, estados prolongados de stress, e uma alimentação que não fornece as doses diárias necessárias para o organismo funcionar no seu devido equilíbrio.


Segundo o autor, o fornecimento de alimentos vem se tornando pobre em magnésio desde 1909; assim, uma suplementação do mesmo torna-se necessária. O Autor apresenta uma lista de doenças causadas pela Deficiência de Magnésio e que podem ser tratadas pela ingestão do mesmo:


• Comportamento Agressivo

• Alcoolismo

• Arritmia

• Asma

• Transtorno de Déficit de Atenção

• Cancro

• Paralisia Cerebral

• Fadiga Crônica

• Cefaleia

• Constipação

• Diabetes

• Fibromialgia

• Ferimentos na cabeça

• Condições relacionadas com o coração

• HIV

• Hipertensão

• Pedras nos rins

• Enxaqueca

• Esclerose Múltipla

• Osteoporose

• Problemas relacionados com a gravidez

• Síndrome Pré-Menstrual

• Distúrbios psiquiátricos

• Artrite Reumatoide

• Stress

• Choque Tóxico


Drogas que causam a perda de magnésio no corpo:

• Álcool

• Cocaína

• Agonistas beta-adrenérgicos para a asma

• Corticosteróides (CS) (para asma)

• Teofilina (para a asma)

• Diuréticos

• Tiazídico

• Cafeína

• Fosfatos (encontrados em refrigerantes)


Num experimento feito com ratos, onde foi induzida a carência de magnésio, o resultado foi um comportamento de agressividade. Reposto o nível de magnésio, os ratos deixaram de ter esse mesmo comportamento.


Fonte: Fãs de Psicanálise.


Posts Recentes
Arquivo